Jesus transformou meu caráter...saiba mais...

terça-feira, 8 de abril de 2014

MINHA HISTÓRIA 27º PARTE - ENFRENTANDO MEUS ERROS

 Voltei no outro dia mais decidida ainda!
Cheguei mais cedo na certeza que se eu abrisse meu coração para aquele pastor ele ia me ajudar.
Sentada aguardando o atendimento a “maldita voz” tentou dar sua última cartada para que eu desistisse de abrir meu coração. Estava vestida com uma saia bem curta e uma blusa muito sensual, a “maldita voz” disse que ele não falaria comigo por causa da minha roupa que era para eu desistir, mas continuei ali sentada, aguardando ...  Estava nervosa, meu corpo todo estava tremulo e minha cabeça parecia que tinha uma multidão falando ao mesmo tempo. Mas eu queria ajuda, não agüentava mais aquela vida! Permaneci ali, por alguns segundos até que o pastor me chamou.
A “maldita voz” começou a confundir mais ainda a minha mente dizendo o que era para eu falar... dizia que era para falar apenas o que ela mandasse.... ela repetia várias coisas em minha cabeça.... dizia que era para eu seduzi-lo...  agir discretamente mas sensual... que ele iria ser grosseiro comigo porque eu era uma vagabunda.... como ele me trataria bem se eu não prestava... quem me daria ouvidos.... quem acreditaria em mim se eu era mentirosa?

Mesmo assim sentei naquela cadeira morta de vergonha pelo o que eu era. Quando levantei meu rosto, vi aquele homem pequeno de estatura, com um largo sorriso nos lábios e com olhos brilhantes... Fiquei tão feliz... A minha cabeça na hora parou, a “maldita voz” se calou por alguns minutos em anos... Ele perguntou como eu tava... alguém se preocupava comigo mesmo eu sendo o que eu era e estando vestida daquele jeito, ele demonstrou carinho em suas palavras. 
Comecei a falar tudo o que eu era, tudo o que eu fazia, sem medo de represálias com muita vergonha, achei que ele ia me repreender severamente e ficar com muita raiva de mim. Ele sorriu mais uma vez, eu levei um susto! Pensei: Ele não tá com raiva de mim? Mesmo sabendo o que eu faço? Naquele momento me sentir amada por estranhos, valorizada como nunca fui.
Ele me perguntou, você quer mudar minha filha? Nossa, ele falou carinhosamente com uma adultera, e ainda me chamou de minha filha?
Respondi com muita vergonha mas sinceramente, quero!!!
Ele me orientou a participar das reuniões de libertação e buscar a Deus acima de todas as coisas, ele disse que eu nunca mais ficaria sem dormi a noite e que um dia eu descobriria que nunca amei ninguém e saberia o que era o verdadeiro amor.
Sai dali, cheia de sonhos perspectivas de vida, alegria e via uma chance de encontrar a Aracele que estava perdida no meio das podridões vivida em toda a minha vida.
Eu não sabia, mas a parte mais difícil de minha vida, mesmo eu tendo sofrido e vivido tudo que você leu até agora viria depois desse dia!

Continua.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário