Jesus transformou meu caráter...saiba mais...

domingo, 12 de janeiro de 2014

MINHA HISTÓRIA 21º PARTE – CAMINHO LIVRE PARA O INFERNO

Esse meu amigo que se drogava e fazia parte de uma quadrilha perigosa, me falava da casa de prostituição, contava coisas que me faziam parecer um lugar legal, comecei a ter vontade de ir lá.
Nessas alturas meu esposo não dormia mais em casa. Meu amigo me ligava a noite quando estava na casa de prostituição, ficava horas e horas falando comigo, botava as meninas para falar comigo e eu ficava morrendo de vontade de ir, elas pareciam tão felizes e poderosas....mas algo me prendia, e esse algo era meu Senhor que cuidou de mim a todo instante. Nessas ligações ele me seduzia, tentando me convencer que a pessoa que ele mais queria ali naquele momento era eu, e eu achava isso o máximo, ele narrava com detalhes tudo o que as meninas faziam com ele.... mas todas as vezes que eu marcava para ir, não conseguia dar certo. Até cheguei várias vezes na porta, mas não consegui entrar. Minhas pernas travavam bem na porta e ele ficava ali tentando me convencer a entrar e eu sempre saia correndo.
Minha mãe saiu da IURD e minha vida virou um inferno, porque ela passou ser a minha inimiga, passou a me perseguir, a levantar calunias embora eu praticasse muitas coisas erradas, mas sempre o que ela falava nunca era verdade. Ela passou a criar histórias terríveis, a me acusar de traições com pessoas e em locais que nunca frequentei. Isso foi me causando mais e mais revolta, fui fazendo as coisas com mais firmeza achando que estava me vingando dela. Como eu era idiota!!!!
Me entreguei profundamente as podridões.
Numa dessas noites meu amigo que fazia parte da quadrilha que roubava muito dinheiro, estávamos num barzinho e ele me convidou para ir na casa dele, pegamos uma condução, ele estava muito drogado, no caminho Deus falou forte comigo, com toda paciência ele me convenceu que se eu chegasse no local onde esse rapaz queria me levar eu nunca mais sairia de lá. Comecei a ficar desesperada e falei para ele que eu ia descer do ônibus porque não queria mais ir porque era muito tarde, ele começou a me xingar dos piores nome e me ameaçar se eu desistisse. Quando o ônibus parou no ponto sair correndo e ele me xingava alto e todos me olhavam. No outro dia eu o encontrei e pergunte se ele estava zangado comigo, ele nem lembrava do que tinha acontecido, resumindo eu estava andando com o próprio demônio naquela noite e Jesus mais uma vez me livrou da morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário